segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Bloqueando espionagem do Oi Velox no firefox

Vamos deixar os detalhes pra lá, direto ao assunto: a operadora Oi, por meio de seu serviço de banda larga "Oi Velox", espiona tudo o que você faz através dos serviços da empresa Phorm.

Todos os sites que você visita são redirecionados para o endereço a.oix.net e só então o dileto internauta acessa o endereço desejado.

Você pode ler aqui e aqui matérias sobre esta intrusão da Oi na sua "vida internética" sem o seu consentimento!!!

Mas podemos bloquear esta intromissão no firefox, por meio da extensão "dephormation" :


Clique em "dephormation add on Install, opt out..." e depois em "permitir", na janela que se abrir. Espere o download e clique em "instalar agora" e, concluído o processo, reinicie seu navegador. Irá aparecer a seguinte janela:

 
Vá em "ferramentas -> complementos -> preferências" do dephormation:
 

E marque as opções como mostro abaixo, na ordem:







Após os procedimentos acima, você estará livre desta praga, pois a extensão falsifica todos os dados enviados para a a.oix.net e, com isso, manda a Oi pra'quele lugar...

Até a próxima dica!
;-))

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Instalando corretor ortográfico no Debian e derivadas

O Debian e distros derivadas possuem vários corretores ortográficos prontos para instalação. Eles são úteis a vários programas, o que torna muito difícil saber quem usa quem.

Então, por via das dúvidas, instale todos. Faça assim no terminal ou use o gerenciador de pacotes oficial de sua distro:

# apt-get install aspell-pt-br myspell-pt-br ibrazilian wbrazilian

Agora desinstale os pacotes abaixo, se for o caso:

# apt-get remove --purge aspell-en hunspell-en-us wamerican

Quando você usar o navegador ou editor de texto, por exemplo, e a ortografia estiver errada, basta clicar na palavra com o botão direito do mouse e escolher a grafia correta:



Até a próxima dica!
;-))

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Navegadores não entram no facebook usando linux

Nos últimos dias experimentei a chata experiência de não poder acessar minhas caixas postais, facebook ou fazer qualquer login em https, usando qualquer navegador no linux...

Por exclusão, notei que o problema era no meu computador já que fora de minha rede doméstica, e também pelo windows, tudo funcionava normalmente.

Depois de muito pesquisar descobrir que o problema era ajustar corretamente o valor do MTU nas configurações de rede.

Para quem não sabe, MTU (Unidade Máxima de Transmissão) é o tamanho máximo que os pacotes terão ao serem transmitidos ela internet.

Numa rede doméstica o ideal é 1500 bytes. Conectado na  internet, 576. Valor mantido inalterado pelos provedores e assim os pacotes viajam mais rápido.

Ora, em redes com bloqueio de pacotes icmp este recurso simplesmente não funciona e não conseguimos abrir o facebook, hotmail e qualquer outro site com login em protocolo https.

Era isto que acontecia comigo. Bastou ajustar o MTU para 576 que tudo voltou ao normal!...

Para isso, clique no ícone de rede com botão direito do mouse -> editar conexões (ou gerenciar conexões) -> nome da rede -> editar e acrescente o valor desejado:


Até a próxima dica!
;-))

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Converter vídeo no formato *.ts no linux

Segundo apurei na internet o formato *.ts é um formato de transmissão e armazenamento de áudio, vídeo e programa de sistema de informação e protocolo (PSIP), usado em sistemas de transmissão como DVB , ATSC e IPTV .(1)

Como está sendo comentado no mundo linux, vou dar aqui algumas dicas de como convertê-lo para outros formatos mais populares e destes para o *.ts.

Para as conversões utilizei o programa transmageddon. Veja se ele está disponível para sua distribuição. Nas derivadas do Debian, faça como root:

$ apt-get install transmageddon

Ei-lo:


O uso é intuitivo. Basta apenas selecionar o vídeo desejado em "Escolha o arquivo de entrada" - no formato *.ts - e o de saída.

Nos meus testes o transmageddon conseguiu converter apenas os arquivos gerados com o codec de vídeo dirac, para o formato *.avi. Com o h264 o programa apresenta um bug no ubuntu 12.10. Não testei no Debian.

Com o h264 só deu certo via terminal (ponha tudo em uma só linha):

$ ffmpeg -i VIDEO_DESEJADO.ts -vcodec libxvid -b 2000k \
   -acodec libmp3lame -ac 2 -ar 44100 -ab 128k VIDEO_DESEJADO.avi

Já a conversão de *.avi para *.ts não teve nenhum problema. Você também pode usá-lo para outras conversões entre formatos, vendo o que funciona ou não. Basta dedicar um pouco de tempo à tarefa!

Até a próxima dica!
;-))

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Scanner de leitor de barras CCD PS-950 comtac no linux

A dica de hoje explica como instalar e usar o leitor de código de barras CCD PS-950 da Comtac no linux. O teste foi realizado no Kubuntu 12.10 mas deverá funcionar nas demais distros.

Como sempre fazemos, eis o produto:


Segundo o fabricante, 

"o leitor CCD Long Range PS-950 - 3 em 1 - é um aparelho cômodo e versátil. Lê códigos de barras, boletos bancários e notas fiscais eletrônicasPossui alta velocidade de varredura e grande resistência contra impactos. Muito cômodo para ambientes que precisam ler e reconhecer notas fiscais eletrônicas ou fazer pagamentos de boletos através da internet. Compatível com os principais bancos brasileiros".

Características técnicas (que nos interessam):

* leitor captura 200 vezes o código em um único segundo
* resolução de digitalização: 2500 pixels  
* não requer softwares ou drivers
* vem configurado para facilitar a utilização
* indicadores sonoros e luminosos que indicam a leitura do código

Lê os seguintes códigos:


Nos seguintes padrões de codificação: 

* UPC-A e UPC-E
* EAN-8, EAN-13 e EAN-128                                    
* JAN-8 e JAN-13
* Code 11 STD 2 de 5
* Code 39 e 39 Full ASCII
* Code 32, Code 93, Code 128
* Codabar
* NW7
* Industrial 2 de 5
* Interleave 2 de 5 (ITF) 
* Matrix 2 of chinese postage code
* IATA
* MSI
* Plessy
* Italian Pharmacy Code
* Telepen
* RSS-14, RSS Limited e RSS Expanded

Para instalá-lo basta fazer a conexão na porta USB disponível, aguardar o tradicional "bip" e escanear o código de barras.

Comigo funcionou de primeira e não foi necessário nenhum ajuste. Veja abaixo o resultado no itaú internet banking:


Até a próxima dica!
;-))

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Criptografando o Ubuntu com senha no boot

Além de criptografar as partições swap e /home, o Ubuntu 12.10 permite adicionar senha na inicialização do sistema, protegendo ainda mais seu computador.

Este recurso criptografa a partição /boot, necessitando-se da senha para que o carregamento continue. Combine esta criptografia com a anterior, aumentando a segurança.

Ponha o cd no drive e espere carregar, escolhendo instalar no HD:



Agora vem o mais importante: escolher o particionamento para encriptação do boot. Escolha "Apagar o disco e reinstalar o Ubuntu" e "Criptografar a nova instalação do Ubuntu por segurança":


Escolha a senha que será digitada na inicialização do sistema. Ela não é a de login. Portanto deverá ser diferente desta. Selecione também "Substituir espaço em disco vazio", enchendo o HD com zeros (...000...) que sobrescrevem dados anteriores:


Prossiga a instalação configurando o teclado e fuso horário, como de costume:



Agora escolha a senha de login, que também encripta o diretório /home. Não se esqueça de que deve ser diferente da anterior, para manter a segurança de seu pinguim:


Estes são os passos principais. Espere terminar a instalação e, no primeiro boot, digite a senha criptográfica do boot, num quadro similar ao que se segue:


ATENÇÃO; Não desinstale o pacote lvm2, ou não conseguirá entrar com a senha para destravar a inicialização do Ubuntu.

Teje avisado e até a próxima dica!
;-))

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Rotacionar vídeo no linux pelo terminal

Outro dia precisei rotacionar um vídeo 90º em sentido horário e agora mostro como fazê-lo. Fi-lo no terminal para pode ser usado em qualquer distro do pinguim.

Há duas condições a serem satisfeitas:

* instalar o mencoder segundo o método padrão para sua distro;
* que o vídeo esteja em *.avi ou *.mpg

Não testei com outros formatos. Assim, fica por sua conta e risco! O comando para o rotacionamento segue abaixo (deve ser digitado em uma só linha):

$ mencoder -ovc lavc -f rotate=N -oac copy input.mpg -o output.mpg

onde "N" é:

0 -> rotacionar 90º e virar (padrão)
1 -> rotacionar 90º no sentido horário
2 -> rotacionar 90º no sentido anti-horário
3 -> rotacionar 90º no sentido anti-horário e virar

Agora é só fazer os testes e escolher a melhor opção.

Até a próxima dica!
;-))

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Instalando a placa wifi ASUS USB-N10 no linux

Vou explicar como instalar a placa wifi asus usb-n10 no linux, qualquer distribuição e interface gráfica. Para melhor identificá-la, ei-la:






É uma realtek, a "0b05:1786 ASUSTek Computer, Inc. USB-N10 802.11n Network Adapter [Realtek RTL8188SU]". Recomendo utilizar uma distro com kernel recente, principalmente da série 3.X.

Basta apenas espetar a placa wifi na porta USB, como eu mostro abaixo (procedimento difícil, não ?):


Nas distros com udev instalado, basta rodar o ifconfig para ver se ela foi detectada (exemplo):

$ ifconfig
wlan0     Link encap:Ethernet  Endereço de HW c8:60:00:5e:4e:f8 
              UP BROADCAST MULTICAST  MTU:1500  Métrica:1
              pacotes RX:0 erros:0 descartados:0 excesso:0 quadro:0
              Pacotes TX:0 erros:0 descartados:0 excesso:0 portadora:0
              colisões:0 txqueuelen:1000
              RX bytes:0 (0.0 B) TX bytes:0 (0.0 B)

Caso contrário, suba primeiro o módulo do dispositivo - o r8712u - e só então rode o ifconfig.:

$ su -
# modprobe r8712u
# ifconfig
wlan0     Link encap:Ethernet  Endereço de HW c8:60:00:5e:4e:f8 
              UP BROADCAST MULTICAST  MTU:1500  Métrica:1
              pacotes RX:0 erros:0 descartados:0 excesso:0 quadro:0
              Pacotes TX:0 erros:0 descartados:0 excesso:0 portadora:0
              colisões:0 txqueuelen:1000
              RX bytes:0 (0.0 B) TX bytes:0 (0.0 B)


Para que o carregamento do módulo seja automático a cada boot, coloque-o no arquivo /etc/modules ou equivalente, se sua distro não o possuir.

Agora é só configurar a conexão de acordo com o gerenciador de rede do seu pinguim, o que não será visto aqui.

Até a próxima dica!
;-))

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Configurando internet 3G no gnome 3/unity

Instalar internet 3G no gnome 3/unity é muito fácil. Para começar, admitiremos que seu modem esteja devidamente configurado. Esta dica serve para qualquer ambiente gráfico baseado em gtk, xomo xfce e lxde.

Atente-se para que os pacotes usb-modeswitch, modemanager e mobile-broadband-provider-info esteja instaldos segundo procedimento padrão de seua distro.

No canto superior direito da barra de tarefas, perto do relógio, encontra-se o ícone do network-manager-gnome, responsável pela configuração propriamente dita:


Clique no mesmo com  o botão direito do mouse -> editar conexões -> banda larga móvel -> adicionar:



O nome de seu modem aparecerá no campo "Criar uma conexão para este dispositivo móvel". Não estranhe se a identificação for diferente do que está na embalagem do produto, pois não altera em nada o resultado final:


 Selecione o país de origem, o provedor e o plano da operadora (deixe o padrão):





Confira os dados nas três abas a seguir: "banda larga móvel, configurações PPP e configurações ipv4":




 Salve as configurações e volte ao botão do network-manager, onde aparecerá o nome da rede 3G. É só clicar e esperar a conexão:




Para desligar basta penas clicar em "Desconectar".

Até a próxima dica!
;-))

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Configurando internet 3G no KDE4

Configure sua conexão 3G no KDE4, qualquer distribuição, com o plasma-widget-networkmanagement, que vem instalado por padrão e você pode vê-lo no perto do relógio (o menu está na parte superior):


 Instale os pacotes mobile-broadband-provider-info, usb-modeswitch e modemmanager por outro meio de acesso a internet. Configure também o modem na sua distro, o que não será visto aqui. Depois siga os passos abaixo.

Espete o modem na porta usb, espere 60 segundos e clique no botão do ícone de rede -> gerenciar conexões -> aba "banda larga móvel":



Clique no botão "Adicionar" e, na janela que se abrir, vai aparecer o nome do modem. Nâo se preocupe se ele for diferente do que estiver na caixinha dele. Isso não faz a menor diferença. o importante é que foi reconhecido corretamente:


Selecione o país:

 
A operadora de telefonia:

 
Mantenha o plano como "padrão":


Siga em frente e clique no botão "concluir":


 Não há necesidade de alterar os dados na janela a seguir:


Clique em "ok" e volte ao ícone de rede na barra de tarefas. Basta clicar no nome de sua conexão 3G e deixar o resto com o kde4. Depois é só navegar...

Deixo bem claro que a "qualidade" de navegação dependerá exclusivamente do sinal que chega até o modem. Isso independe do sistema operacional.

Até a próxima dica!
;-))