sexta-feira, 30 de março de 2012

Corrija o erro "ImportError: No module named pkg_resources" no Linux

Se você descobriu esse erro ao chamar um programa pelo terminal, é fácil resolvê-lo. Geralmente aparece o seguinte alerta:

Traceback (most recent call last):
File "/usr/bin/unsettings", line 5, in <module>
from pkg_resources import load_entry_point
ImportError: No module named pkg_resources

Que varia muito de acordo com o programa, mas sempre aparecerá o erro destacado em negrito. E a solução também é muito simples, como mostro a seguir.

Basta instalar o pacote python-pkg-resources - ou equivalente - segundo o procedimento padrão para sua distro. Ele contém o arquivo faltante pkg_resources.py.

Nas distros baseadas no Debian ou Ubuntu faz assim, como root:

Debian
$ su -
# apt-get install python-pkg-resources

Ubuntu
$ sudo apt-get install python-pkg-resources

Se estiverem usando o python3, então o pacote desejado será o python3-pkg-resources:

Debian
$ su -
# apt-get install python3-pkg-resources

Ubuntu
$ sudo apt-get install python3-pkg-resources

Até a próxima dica!
;-))

domingo, 25 de março de 2012

Instalando firmware de placas wireless no Debian

Toda vez que for configurar uma placa wireless no debian, a excessão do ubuntu e família, você deve instalar o firmaware respectivo, baixado diretamente do site da distro.

Se não me falha a memória, as únicas placas suportadas nativamente são as broadcom com drivers em código aberto ou que não precisem de firmware. Estes, no debian, foram movidos para a pasta non-fre dos repositórios.

Estes firmwares são universais para i386 e x86_64, sem dependências na instalação. Para saber qual firmware vai precisar baixar, use os comandos:

$ lsusb

ou

$ lspci

e descubra qual placa existente no computador. Por exemplo: se for uma realtek, instale o pacote firmware-realtek; se ralink, firmware-ralink. Excetuam-se as placas mais novas, como as ralink da série 3 (ex.: 3090), que precisam de driver do fabricante.

Realizada a instalação do firmware correto, baixado por outro meio qualquer que não o debian, proceda à ativação da placa como root:

# ifconfig wlan0 up

ou

# ifconfig eth1 up

Para saber se a interface está ativa, basta rodar o comando abaixo também como root:

# ifconfig

Se aparecer "wlan0" ou "eth1", configure seu debian para conectar-se com a internet... Mas como conectar na internet se no debian não vem nenhum gerenciador de rede instalado? 

Mistério, profundo mistério, saber o que se passa na cabeça dos desenvolvedores  do Debian, que lançam uma distro sem gerenciador de redes instalado.

Resolvi o problema baixando manualmente e instalando o pacote network-manager-gnome (NMG), com todas as suas dependências, e instalei com um:

# dpkg -i pacote1 pacote2... pacoteN


Neste link você encontra o NMG e suas dependências. Baixe tudo e instale. Se faltar alguma coisa, volte lá e pegue o faltante. 

Também é possível instalar o wicd, outro gerenciador de redes fácil de usar:


Até a próxima dica!
;-))

terça-feira, 20 de março de 2012

O grub não aparece no boot

Se após a instalação do linux, o grub não aparece para escolher o sistema operacional, ou o kernel que você deseja, tente esta dica. Testei apenas no Debian/Ubuntu e derivadas.

Abra o arquivo /etc/default/grub, como root, e altere as linhas abaixo:

GRUB_HIDDEN_TIMEOUT=0
GRUB_HIDDEN_TIMEOUT_QUIET=true

Ficando assim:

#GRUB_HIDDEN_TIMEOUT=0
#GRUB_HIDDEN_TIMEOUT_QUIET=true

Salve e atualize as configurações do grub, também como root:

Debian e derivadas
# update-grub

Ubuntu e derivadas
$ sudo update-grub

Reinicie o micro e veja se o grub aparece na inicialização do sistema:


Até a próxima dica!
;-))

quinta-feira, 15 de março de 2012

E: /usr/share/initramfs-tools/hooks/plymouth failed with return 1.

Se após instalar o plymouth no linux, gerarando uma nova imagem do kernel no final do processo, e ocorrer o erro "E: /usr/share/initramfs-tools/hooks/plymouth failed with return 1." basta apenas reinstalar o plymouth.

Como superusuário (root), use o procedimento padrão para sua distro para instalar opacote. No caso das que são baseadas no Debian, faça na ordem:

# apt-get install --reinstall plymouth
# update-initramfs -ut -k all

No Ubuntu e derivadas:
$ sudo apt-get install --reinstall plymouth
S sudo update-initramfs -ut -k all

Isto deverá ser o suficiente para resolver o problema, acabando com este alerta chato no seu terminal.

Até a próxima dica!
;-))

sábado, 10 de março de 2012

symbol lookup error: /usr/lib/x86_64-linux-gnu/mesa-egl/libEGL.so.1: undefined symbol: wl_callback_interface

Se apareceu este erro ao executar um programa qualquer pelo terminal, não se apoquente. É de fácil resolução.

Basta reinstalar o pacote libegl1-mesa, ou equivalente que contenha a biblioteca libEGL.so.1, segundo o procedimento padrão para sua distro.

No Ubuntu e Debian:

Ubuntu e derivadas
$ sudo apt-get install --reinstall libegl1-mesa

Debian e derivadas
$ su + senha de root + [enter]
# apt-get install --reinstall libegl1-mesa


Até a próxima dica!
;-))

segunda-feira, 5 de março de 2012

Error ao iniciar o editor: insufficient privileges

Se você recebeu este erro, mudar as configurações de uma interface de rede qualquer, inviabilizando o processo,

 
a correção é muito fácil: basta editar o arquivo polkit-gnome-authentication-agent-1.desktop em /etc/xdg/autostart ou /home/seu_login/.config/autostart.

Basta comentar as linhas abaixo:
ANTES
X-GNOME-AutoRestart=true
AutostartCondition=GNOME3 unless-session gnome

DEPOIS
#X-GNOME-AutoRestart=true
#AutostartCondition=GNOME3 unless-session gnome

Reinicie a interface gráfica e altere os dados que desejar na interface de rede. Dependendo da distro, pedir-se-á a senha de administrador (root):



Até a próxima dica!
;-))