domingo, 31 de maio de 2015

Criptografando o tráfego DNS no Ubuntu 14.04 e derivadas

Na dica de hoje explico como criptografar o tráfego DNS entre seu Ubuntu 14.04, ou distro derivada, e o servidor DNS openDNS, criador desta ferramenta.

Toda vez que você digita o endereço de um site no navegador, é feita uma consulta a um servidor DNS para obter o endereço IP correspondente. Sem ele você não navega na internet.

Acontece que este tráfego pode ser interceptado, capturado e interpretado. Encriptando-o, dificultamos ou impedimos essas ações, aumentando a segurança de seu linux.

Acrescente as linhas abaixo no arquivo /etc/apt/sources.list:

# dnscrypt-proxy PPA
# sudo apt-key adv --keyserver keyserver.ubuntu.com --recv-keys 72B61DBF
deb http://ppa.launchpad.net/anton+/dnscrypt/ubuntu trusty main

Rode os comandos abaixo, na ordem:

$ sudo apt-get update
$ sudo apt-key adv --keyserver keyserver.ubuntu.com --recv-keys 72B61DBF
$ sudo apt-get update

Instale os pacotes complementares:

$ sudo apt-get install resolvconf
$ sudo apt-get install pdnsd dnscrypt-proxy

O resolvconf configura automaticamente o arquivo /etc/resolv.conf, e o pdnsd é um servidor DNS que utilizaremos para cache local, reduzindo as consultas ao openDNS.

Durante a instalação do pdnsd, escolha a configuração "Usar resolvconf", como mostra a figura abaixo:


Agora edite o arquivo abaixo para que ele inicie automaticamente a cada boot:

$ sudo nano /etc/default/pdnsd

ANTES
# do we start pdnsd ?
START_DAEMON=no

DEPOIS
# do we start pdnsd ?
START_DAEMON=yes

Para saber se a encriptação está ativa, vite o endereço dnsleaktest e clique no botão "standard test". A resposta será como esta:



Pronto, a encriptação do tráfego DNS já está funcionando! Mas o uso deste recurso não permite que abra mãos de outros procedimentos de segurança. Olho aberto nunca é demais!

Até a próxima dica!
;-))

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Instale os ícones crystal SVG no KDE

Na dica de hoje disponibilizo o pacote de ícones "crystal SVG", do KDE3, para o KDE4 ou 5. Para quem não conhece e para os saudosistas, ei-lo:


Mas não garanto que a compatibilidade será 100%. Para baixá-los, clique aqui. Tem apenas 11 Mb e o download não deve demorar muito.

Terminado o mesmo, clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo "Crystal_SVG.tar.gz -> Extrair aqui":


Aparecerá o arquivo Crystal, que contém os ícones desejados:


Abra um terminal no local onde descompactou o arquivo Crystal_SVG.tar.gz  e mova a pasta Crystal para /usr/share/icons:



Terminado este passo, basta usar o configurador do sistema do KDE, ou systemsettings, para selecionar o novo tema de ícones.

Até a próxima dica!
;-))




























































segunda-feira, 25 de maio de 2015

Instalando o upstart do Ubuntu 15.04 e derivadas

Na dica de hoje explico como instalar o upstart no Ubuntu 15.04 e derivadas, desabilitando o systemd. Esclareço que não testei o método e, se desejar fazê-lo, será por sua conta e risco.

Abra um terminal e digite, na ordem:

$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install upstart-sysv -y
$ sudo update-initramfs -tu -k all

Para restaurar o systemd, faça:

$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install systemd-sysv -y
$ sudo update-initramfs -tu -k all

Após cada um dos procedimentos acima, reinicie seu computador.

Até a próxima dica!
;-))

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Instalando o google chrome no Ubuntu, Debian e derivadas

Para instalar a versão estável do google chrome no Ubuntu, Debian e derivadas, acrescente as linhas abaixo no arquivo /etc/apt/sources.list:

# google chrome stable PPA
# wget -q -O - https://dl-ssl.google.com/linux/linux_signing_key.pub
# sudo apt-key add -
deb http://dl.google.com/linux/chrome/deb/ stable main

Agora rode os comandos abaixo, na ordem:

$ sudo apt-get update
$ wget -q -O - https://dl-ssl.google.com/linux/linux_signing_key.pub
$ sudo apt-key add -
$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install google-chrome-stable

O google chrome é compatível com qualquer versão do Ubuntu, a partir da 14.04, e Debian, a partir da 7, e suas derivadas. Basta procurá-lo no menu iniciar de sua interface gráfica preferida.

Esclareço que o plugin pepperflash já vem instalado por padrão e funciona somente neste navegador.

Até a próxima dica!
;-))

terça-feira, 19 de maio de 2015

Alterando o navegador padrão no ubuntu e derivadas

A dica de hoje permite alterar o navegador padrão de seu Ubuntu ou derivada, fazendo com que ele seja chamado sempre que necessário: clicar em um link, abrir uma página etc. Para isso, faça no terminal:

$ sudo update-alternatives --config x-www-browser

Escolha o que você deseja, entre os que estão instalados no seu computador:




Até a próxima dica!
;-))

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Instalando o Ubuntu via rede

Quem tem experiência com o Debian, sabe que é possível instalá-lo por meio da internet usando uma imagem iso minimalista:


Pois saiba que este recurso também está disponível para o Ubuntu, e as imagens iso correspondentes estão disponíveis neste endereço:


Possuem 40 MB em média que você grava com o programa de sua preferência: brasero, k3b, xfburner etc. Depois dê boot pelo cd e siga as instruções na tela.

Até a próxima dica!
;-))

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Alterando o ícone padrão na barra lateral do unity

Na dica de hoje explico como alterar o ícone padrão no dashboard do ubuntu. Para quem não sabe o que é, ou usa sem sabê-lo, aqui está:


O botão padrão é o launcher_bfb.png, que mostramos abaixo:


Que localiza-se no diretório /usr/share/unity/icons. Para fazer a alteração, basta substituí-lo por outro com o mesmo formato. Vamos realizar a troca pelo ícone a seguir, no formato *.png, fundo transparente (preferencial), 128x128 pixels:


Faça os comandos abaixo, no terminal, na ordem:

$ cd /usr/share/unity/
$ sudo mv launcher_bfb.png  launcher_bfb.png_original
$ cd $HOME
$ mv icone_desejado.png  launcher_bfb.png
$ sudo chmod 644 launcher_bfb.png
$ sudo chown root.root launcher_bfb.png
$ sudo mv launcher_bfb.png  /usr/share/unity/icons


Agora é só refazer o login, que a mudança estará ativa:

ANTES

DEPOIS

FOTO DO USUÁRIO

Até a próxima dica!
;-))

sábado, 9 de maio de 2015

Instalando impressora no KDE4

Na dica de hoje explicarei como instalar uma impressora no KDE4, através de utilitário próprio no systemsettings. Certifique-se de que o driver está instalado e a impressora conectada na porta USB, o que não será visto aqui.

Ligue a impressora e vá no menu K -> Configurações do sistema -> Impressoras:



Clique em "Adicionar impressora" e selecione a sua impressora:


Selecione o driver correto a partir do modelo:


identifique a impressora:


Clique na impressora que acabou de instalar e faça as configurações adicionais, como está na imagem:


O botão "Configurar" permite mais opções:




Para imprimir uma página de teste, basta clicar em "Manutenção".

Até a próxima dica!
;-))

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Corrija o erro "failed to load module atk-bridge" no linux

Se aparecer o erro "Gtk-Message: failed to load module "atk-bridge", a solução é muito fácil: basta instalar o pacote libatk-adaptor segundo o procedimento padrão para sua distro.

Nas derivadas do Debian e Ubuntu, faça no terminal:

$ sudo apt-get install libatk-adaptor

Até a próxima dica!
;-))