terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Instalando kernel realtime no ubuntu e derivadas

O Ubuntu tem dois tipos de kernel: o generic e o low latency. Na dica de hoje explico como instalar o kernel realtime, beneficiando-se de seus recursos.

Como este assunto envolve um bom conhecimento técnico, assista o vídeo abaixo para entender o conceito. Depois prossiga no texto:


O kernel realtime é um pacote não nativo, sem suporte da canonical e o uso é de sua inteira responsabilidade. ;-P

Só existe para a arquitetura amd64 e versões LTS do Ubuntu. Para obtê-lo, acrescente a linha abaixo no seu /etc/apt/sources.list:

12.04
# sudo apt-key adv --keyserver keyserver.ubuntu.com --recv-keys 57ED9602
deb [arch=amd64] http://deb.capocasa.net/rt precise universe

14.04
# sudo apt-key adv --keyserver keyserver.ubuntu.com --recv-keys 57ED9602
deb [arch=amd64] http://deb.capocasa.net/rt trusty universe

Agora rode os comandos abaixo, na ordem:

sudo apt-get update
sudo apt-key adv --keyserver keyserver.ubuntu.com --recv-keys 57ED9602
sudo apt-get update
sudo apt-get install `apt-cache search linux- | grep '\-rt[0-9]*\s' | cut -f1 -d\ `

Depois de instalado, para usá-lo você deve escolhê-lo no menu do grub.

Até a próxima dica!
;-))

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Bote senha no grub e aumente a segurança de seu linux


Recentemente a "mídia midiática" soltou aos quatro ventos um bug do grub, como se fosse o fim do mundo, inclusive questionando a segurança do isfenicídio.

Que ele é um sistema operacional muito seguro, não se discute, embora você seja o responsável pela segurança.

A primeira coisa a fazer é nunca instalar uma refisefuqi (remasterização de fim de semana e fundo de quintal), que não duram um ano nem tem uma equipe séria para sua manutenção.

Use uma que tenha atualizações de segurança constantemente, como debian, ubuntu, suse, fedora, red hat etc.

Criptografe seu $HOME, ou use LVM criptografado. No caso do grub, se não souber a senha, não dá boot. E além disso, você pode botar senha extra no grub. Desta forma, 28 backspaces não farão diferença.

Veja aqui uma orientação da canonical de como colocar senha no grub: 


Eu uso este recurso, além de encriptar meu $HOME e ter o root desabilitado por padrão, o que dá uma segurança a mais.

Só um incauto acha que o pinguim não tem bugs e, por isso, pode dormir descansado. NUNCA caia nesta armadilha. Mais importante que descobrir um bug, é corrigi-lo o mais rápido possível.

Atualize constantemente seu isfenicídio, segundo o procedimento padrão para ele, e uma boa experiência com seu gerenciador de janelas preferido.

Até a próxima dica!
;-)

domingo, 20 de dezembro de 2015

Instalando o navegador vivaldi no Ubuntu, Debian e derivadas

Vivaldi é um navegador criado por um ex-desenvolvedor do opera, feito para ser simples e com recursos padrões como agrupamento em abas, atalhos de teclado, speed dial e notas.

Na dica de hoje, explico como instalá-lo no Ubuntu, Debian e derivadas, sendo que não testei na segunda. Assim, reportem qualquer bug, embora os passos sejam praticamente os mesmos. Falo-emos pelo terminal, para que seja compatível com qualquer distro.

Em primeiro lugar, acesse o endereço do projeto e baixe o binário para sua distro linux, baseada em pacotes "deb" ou "rpm", versões para 32 ou 64 bits:


Vá até o diretório onde o vivaldi foi baixado e abra um terminal:


Agora proceda à instalação, como mostro abaixo:

Ubuntu
$ sudo dpkg -i vivaldi*deb

Debian
$ su -
# dpkg -i vivaldi*deb

Agora é só procurar o ícone no menu iniciar de sua interface gráfica e abri-lo:


Ei-lo:



Agora cabe a você descobrir mais de perto as vantagens deste novo navegador para linux, e se compensa adotá-lo no lugar dos tradicionais google-chrome e firefox.

Até a próxima dica!
;-))

domingo, 13 de dezembro de 2015

Tire os pontos brancos do lightdm no Ubuntu

Essa dica não tem importância nenhuma, serve apenas a propósitos estéticos. Para remover os pontos brancos do lightdm, rode os comandos abaixo, na ordem, em um terminal:

$ sudo xhost +SI:localuser:lightdm


$ sudo su lightdm -s /bin/bash


$ gsettings set com.canonical.unity-greeter draw-grid false


Se quiser os pontos de volta, repita os comandos anteriores e altere o último para:

$ gsettings set com.canonical.unity-greeter draw-grid true

Veja o resultado:

antes

depois

Até a próxima dica!
;-))



FONTE: http://va.mu/BRjGQ

domingo, 6 de dezembro de 2015

Corrigindo o erro "File "/usr/bin/radiotray", line 12, in os.chdir(workdir)" no linux

Esse erro aparece na instalação do radiotray. A solução foi baseada nas distros que usam pacotes "deb", mas poderá servir de base para as demais.

A mensagem completa é:

/usr/lib/python2.7/dist-packages/radiotray/XmlDataProvider.py:23: PyGIWarning: Gtk was imported without specifying a version first. Use gi.require_version ('Gtk', '3.0') before import to ensure that the right version gets loaded. from gi.repository import Gtk Traceback (most recent call last):   File "/usr/bin/radiotray", line 12, in <module> os.chdir(workdir) OSError: [Errno 2] Arquivo ou diretório não encontrado: '/usr/bin/src'

Para corrigi-lo no Debian, Ubuntu e derivadas, faça:

Debian
$ su -
# apt-get install python-xdg

Ubuntu
$ sudo apt-get install python-xdg

Nas distros baseadas em pacotes "rpm", use o método padrão para instalar este mesmo pacote ou equivalente, o que não será visto aqui.

Até a próxima dica!
;-))